Ibama estuda aprovação de manejo sustentável de aruanãs brancos para fins ornamentais e de alimentação no AM

Fonte: Por G1 AM
Pescadores do Amazonas se preparam para futuro manejo de Aruanãs no Estado — Foto: Divulgação
Um grupo de pescadores fez um levantamento de estoques de aruanãs brancos em lagos na região de Maraã, distante 640 Km de Manaus. O primeiro manejo sustentável dessa espécie no Estado para fins ornamentais e de alimentação pode ser aprovado pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e ter início das atividades este ano. Com isso, a Reserva Mamirauá vai ser a primeira área no estado do Amazonas a fazer esse tipo de manejo.
Até o ano de 2017, a captura de larvas e alevinos [filhotes] de aruanãs para fins ornamentais era proibida no Amazonas, pois a legislação não permitia que um só tipo de peixe fosse, ao mesmo tempo, produto do mercado de ornamentais e de alimentação. Mas, com base nas experiências e dados coletados na região de Maraã, uma resolução da Secretaria Estadual de Meio Ambiente aprovou a pesca, desde que a atividade siga os princípios sustentáveis do manejo.
A espécie está na lista de pescados mais consumidos no Amazonas. No entanto, a particularidade desse peixe vai além da cozinha, pois, quando filhotes, os aruanãs são bastante observados pelo seleto mercado de ornamentais.

Concurso IDAM: Prorroga prazo de inscrição e provas são adiadas para março

O Concurso do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas – IDAM, retifica edital prorrogando as inscrições que seria encerrado na segunda-feira, dia 7 de janeiro. Agora, os interessados podem se inscrever no concurso até às 23h59min do dia 30 de janeiro. As provas foram remarcadas para o dia 31 de março.
As inscrições podem ser feitas no site do Instituto IBFC, banca organizadora do concurso. As taxas variam de acordo com o nível de escolaridade, sendo de R$ 65 para os cargos de nível superior, R$ 40 para os cargos de nível médio e R$ 30 para os cargos de nível fundamental. Os boletos poderão ser pagos até o dia 31 de janeiro, observando o horário oficial de Brasília-DF.
Para os candidatos que não tiverem acesso à internet, estes poderão utilizar um dos postos de atendimento presencial do IDAM, de segunda a sexta, no horário de 09h às 11h e das 14h30 às 17h. Os locais estão localizados nos seguintes endereços:

ADS prorroga prazo para credenciamento nos programas Preme e Promove

Foto Divulgação site da ADS
Produtores rurais, associações, cooperativas e agroindústrias do Amazonas têm até o dia 31 de janeiro para realizarem o credenciamento no Programa de Regionalização da Merenda Escolar (Preme). O prazo para o credenciamento de entidades jurídicas e organizações de moveleiros para o Programa de Regionalização do Mobiliário Escolar (Promove) também foi prorrogado até o dia 31. Os editais estão disponíveis no site da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS).
A nova data, anunciada pela Comissão Interna de Licitação da ADS, se dá pela baixa procura aos programas até o momento. “O credenciamento para os dois programas está aberto desde o dia 8 de novembro, mas até o momento tivemos pouco mais de 90 cadastros. É importante ressaltar que esse cadastramento é realizado agora em janeiro para que os produtores possam garantir o retorno de suas produções durante todo o ano”, destaca o diretor-presidente da ADS, Flávio Antony Filho. No ano passado os programas fecharam com mais de 600 credenciamentos.

CURSO PROTEÇÃO DE NASCENTES


Promover a proteção das nascentes que estão localizadas nas propriedades rurais utilizando cinco passos: identificar, cercar, limpar, controlar e replantar.
Pessoas ligadas ao meio rural em geral ‒ produtores, filhos de produtores, trabalhadores rurais e profissionais do setor, como instrutores e técnicos de campo ‒, que possuam nascentes em sua propriedade.

O PORTAL DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA GRATUITA DO SENAR

Formando e profissionalizando o meio rural.


Diretores-presidentes do Sistema Sepror são empossados

FOTO: CLÁUDIO HEITOR/SECOM 
 Eda Maria, diretora-presidente do Idam em discurso com empossados do Sistema Sepror, Alexandre Araújo, Petrúcio Junior e Flávio Antony
O titular da Secretaria de Estado da Produção Rural (Sepror), Petrúcio Júnior, empossou, na tarde desta quinta-feira (03/01), os diretores-presidentes das autarquias ligadas ao Sistema Sepror. A cerimônia, realizada no auditório da secretaria, no bairro Japiim, zona sul de Manaus, consolidou os novos gestores da Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS), Agência de Defesa Agropecuária e Florestal (Adaf) e Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam).

REGULARIZAÇÃO

Temer prorroga prazo para inscrição no Cadastro Ambiental Rural

Foto: Vlamir Brandalizze - Canal Rural
O presidente Michel Temer editou a Medida Provisória 867/2018, que prorroga o prazo para requerer inscrição de propriedades e posses rurais no Cadastro Ambiental Rural (CAR), condição obrigatória para a adesão ao Programa de Regularização Ambiental (PRA). O prazo, que terminaria agora em dezembro, agora será estendido até 31 de dezembro de 2019. A medida foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira, dia 27.
Para a presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), deputada federal Tereza Cristina (DEM-MS), a prorrogação é necessária, pois o Programa de Regularização Ambiental ainda não está implementado em muitos estados do país e, por conta disso, os produtores não conseguem fazer a adesão.
“Os produtores rurais querem se regularizar, mas os estados ainda não conseguiram implementar o programa. A prorrogação vem para garantir essa regularidade, além de segurança jurídica”, destaca a presidente.

Governo do Amazonas lança o 1° Plano Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional

Foto Divulgação: http://www.seas.am.gov.br
A Câmara Intersetorial de Segurança Alimentar e Nutricional do Amazonas – CAISAN/AM, publica o I Plano Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional (PLANESAN). Publicado  no DOE (Diário Oficial do Estado) em 6 de dezembro último, o Plano tem a finalidade de promover a segurança alimentar e nutricional, por meio da integração de ações voltadas para a produção, o fortalecimento da agricultura familiar, o abastecimento alimentar e a promoção da alimentação saudável e adequada nos diferentes setores afetos a segurança alimentar e nutricional, tais como: saúde, educação, assistência social, desenvolvimento agrário, etc. O Plano de segurança alimentar e nutricional tem vigência até 31 de dezembro de 2019, é o principal instrumento de combate a insegurança alimentar e nutricional e o norteador da política pública de SAN. Clique e visualize o Plano Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional.