EIRUNEPÉ RECEBE IPAAM PARA LANÇAR CAMPANHA ESTADUAL DE REDUÇÃO DO PERIGO AVIÁRIO




Foto:IPAAM/Pedro Morais

A Campanha de Redução do Perigo de Acidentes Aéreos do Governo do Estado, sob a coordenação do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (IPAAM), chega na primeira semana de julho, de 1º a 5,  à Eirunepé (1.160 quilômetros de Manaus), tornando-se este o sexto município a receber a Campanha desde o lançamento ocorrido em maio último.
O principal objetivo da Campanha é convocar os moradores e poder público de Eirunepé a reduzirem os urubus do município, a partir do manejo e descarte correto do lixo para eliminar as fontes de alimento dessas aves.
A grande quantidade de urubus sobrevoando os céus de Eirunepé constitui o perigo aviário que significa risco de colisão entre aves e aeronaves que sobrevoam o espaço aéreo do aeroporto Amaury Feitosa Tomaz.
A Campanha foi idealizada pelo próprio presidente do IPAAM, Antonio Ademir Stroski, a partir de sua experiência em resíduos sólidos e viagens aos municípios amazonenses para orientar sobre a erradicação dos lixões a céu aberto e a transformação dos mesmos em aterros controlados.
Segundo o presidente Stroski, não são apenas os urubus que podem colidir com aeronaves, mas as estatísticas de acidentes aéreos no Amazonas, por colisão com aves, demonstra que 70 a 75% ocorrem com urubus. “Reduzindo os urubus, estaremos reduzindo significativamente um dos principais fatores de acidentes aéreos”, declarou o presidente.
Os hábitos corretos em relação ao lixo, além de reduzir as ameaças de perigo aviário, também promovem outros benefícios como a melhoria das condições sanitárias do município e a possibilidade dos resíduos se tornarem fatores de geração de emprego e renda, seja com as operações de coleta e aterramento, com o reaproveitamento, a reciclagem e o artesanato.
A Campanha começa com a chegada ao município dos técnicos de educação ambiental do IPAAM para dar treinamento à equipe de voluntários formada pela secretaria de meio ambiente local. Após explicações teóricas, os técnicos saem a campo com os voluntários, demonstrando como são feitas as abordagens nas residências e estabelecimentos comerciais, principalmente feiras, mercados, matadouros, frigoríficos e restaurantes.

No processo de conscientização, são utilizados folhetos, cartazes e banners para dar visibilidade à Campanha. Ao fim de uma semana, os técnicos do IPAAM retornam à Manaus e a equipe local prossegue com a Campanha até dezembro quando serão avaliados os resultados e a necessidade de execução de uma segunda etapa.
Eirunepé é o sexto município a receber a Campanha que terá a presença dos técnicos do IPAAM de 1º a 5 de julho. O primeiro município de lançamento da Campanha edição 2013 foi Carauari, no período de 14 a 18 de maio, seguindo-se, no mesmo mês, os municípios de Parintins (20 a 24) e Tabatinga (27 a 31). Já em Junho, a Campanha foi lançada em Tefé (10 a 16) e Coari (17 a 21).
Em Coari – Segundo a técnica em educação ambiental do IPAAM que esteve na caravana que lançou a Campanha em Coari, Vandete Souza, foram afixados 320 cartazes e 15 banners e ainda foram entregues 2.661 folhetos em cada local onde aconteceram as abordagens.
A equipe local foi formada por servidores das secretarias de Terra e Habitação, Limpeza Pública, Obras Públicas, Meio Ambiente e secretaria extraordinária de gás e petróleo de Coari. Também representantes da Universidade Aberta do Brasil (UAB), Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e os jovens Desbravadores da Igreja Adventista. Em uma semana, a Campanha percorreu o centro de Coari e os bairros do Pera, Espírito Santo, Chagas e Tauá Mirim.
“Todos aprovam a Campanha, mas nem todos estão sensibilizados a fazer o que é recomendado. Tem bairro que, após aplicação da Campanha, você não vê mais tanto lixo pelas ruas. Já outros, é lixo, águas servidas pelas ruas, pessoas tratando peixe e jogando as vísceras pelos quintais, bueiro a céu aberto. Enfim, é preciso que hajam mudanças por parte das pessoas e dos gestores públicos”, comentou Vandete .
Campanha Paralela – Os técnicos do IPAAM também contribuíram com a Campanha “Coari Recicla” de Coleta Seletiva lançada pela Prefeitura de Coari, pelo objetivo comum entre as duas campanhas que é o ordenamento dos resíduos no município.
Coari já possui um centro de triagem de resíduos e prepara a criação de uma Associação de Catadores de Recicláveis. Somente papelão, são coletados cerca de 50 toneladas/dia.
Palestra -  A equipe do IPAAM também recebeu convite da Escola Estadual João Vieira para realizarem palestra sobre resíduos e perigo aviário aos alunos do segundo e terceiro anos do ensino médio. As palestras foram realizadas nos dias 17 e 18 de junho, à noite, para uma platéia de 71 alunos.  
Fonte : IPAAM
Leidimar Brigatto e Jael Brito
IPAAM/Assessoria de Comunicação - 2123 - 6755
imprensaipaam@gmail.com
twitter.com/ipaamam
facebook.com/ipaam

Comentários