Agricultores indígenas são beneficiados com kits de casa de farinha em São Gabriel da Cachoeira

Foto: IDAM São Gabriel da Cachoeira
Cultivada nos 62 municípios do Amazonas, a mandioca está entre as principais culturas desenvolvidas pelos mais de 68 mil agricultores familiares, e para incentivar o uso de novas tecnologias e as boas práticas agrícolas utilizadas na atividade, o Governo do Amazonas por meio do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (IDAM), Unidade Local de São Gabriel da Cachoeira, em parceria com a Federação das Organizações Indígenas do Rio Negro (FOIRN) entregou ontem (4), cinco kits de casa de farinha para agricultores indígenas.
Ao todo serão beneficiadas 60 famílias indígenas das comunidades de Santo Atanásio, Piracema, Cabari, Boca da Traíra e Jacaré Banquinho, situadas no Rio Japú na região administrativa de Yauaretê.
“Para nós será um grande passo poder trabalhar com equipamentos adequados. Tudo que utilizávamos no processo de produção da farinha de mandioca era de forma improvisada e bem rústica, agora teremos um incentivo a mais”, disse o agricultor indígena da comunidade Santo Atanásio, Odilon Seabra.
Para o gerente do IDAM no município, Jander de Jesus, os equipamentos irão agilizar a produção do alimento e garantir a autosustentabilidade dessas comunidades. “A ideia é aumentar a produção de farinha visando a comercialização do excedente, possibilitando a geração de renda e principalmente a segurança alimentar das famílias rurais”, concluiu.
Fonte:IDAM

Comentários